segunda-feira, agosto 20, 2012

Venda – Ando à procura do conceito!



          No ultimo seminário que realizei sobre “prospecção e funil de vendas” perguntei aos formandos qual o conceito que eles tinham de Clientes.
         Depois de algum debate, concluímos que clientes são:
•       as pessoas mais importantes de qualquer empresa.
•       as pessoas que não dependem de nós, mas nós dependemos deles.
•       as pessoas que nos trazem as suas necessidades para que possamos satisfazê-las.
•       Têm quse sempre  razão???
•       a razão  de ser das empresas, afinal é através deles que se tornam possíveis o pagamento dos salários.
           De seguida coloquei  em debate o conceitos de venda.  
          Concluímos que venda  era a cedência de um produto ou serviço a um preço convencionado e que hoje a venda é um processo. Isto é um conjunto sequencial e peculiar de acções com o objectivo de atingir uma meta a troca de um bem ou serviço por dinheiro.
          Os primeiros registos da actividade de vendas datam de 4.000 anos A. C., nessa época os Sumérios passaram a entrar em contacto com outros povos para oferecer as coisas que produziam a mais e assim promover o desenvolvimento que permitiu o processo de trocas então iniciado.
           O facto é que vender foi sempre a “arte” de ajudar o outro a comprar.
Inicialmente para suprimento de necessidades.
            Hoje as vendas também estão também associadas às cadeias de valor e à virtualização de necessidades próprias de sociedades muito complexas e globais. 
           Para o aperfeiçoamento do processo de venda são usadas uma multidisciplinariedade de técnicas e análises científicas que tornam os vendedores na profissão com mais pessoas em todo o mundo.  
           Pela necessidade desse aperfeiçoamento, os vendedores são as pessoas que em todo o mundo tem mais horas de formação!

Pois vender hoje é um processo, altamente profissional, rigoroso, estruturado, e apoiado por um colectivo dotado de conhecimentos multidisciplinares e científicos, que os usam para ajudar outros a comprar!

Armando Fernandes
Business Coach

sexta-feira, agosto 17, 2012

Que tipo de empresários podem beneficiar do apoio de um Business Coach?

Que tipo de clientes procuro!

“Os empresários são como os atletas, para atingirem metas também precisam de treino” Armando Fernandes
  
Procuro empresários que queiram se transformar em verdadeiros empreendedores!
            Pessoas que criaram os seus negócios, em função de excelentes capacidades técnicas no sector da sua actividade, criaram uma empresa e sentem necessidade de
fazer mais e diferente pois estão a desviar-se da motivação que os levou a criar a empresas.
  
Procuro empresários que sentem dificuldades na gestão do seu negócio!
Dificuldades em recrutar as pessoas certas, em colocar a equipa a produzir mais ou arranjar mais clientes, ou fidelizar os que tem actualmente.

Procuro empresários que estão a perder a sua qualidade de vida por não terem tempo para nada!
Empresários que não tem férias há muito tempo, nem tem tempo para a família e hobbies. Pessoas que tem dificuldade em gerir o tempo e identificar o importante e estratégico e passam o dia acorrer a trás das urgências, Empresários que gostariam de ser empreendedores e ter liberdade em ter um negócio, em vez de uma prisão para o menter!

Procuro empresários que querem controlar a sua vida em vez de acabarem sendo controlados por esta!

Procuro empresários que compreendem que o segredo não é a alma do negócio.
Há pouco que inventar! Hoje quase tudo é copiado. Ninguém faz nada isolado! O mundo é cada vez mais rápido e o acesso a informação cada vez mais fácil e abundante. Por isso os relacionamentos são muito importantes:
·         primeiro com os clientes, e depois,
·         com e empregados,
A forma como interage com os clientes é que os leva a comprar e a fidelizar
A forma com que gere a sua equipa é que tornas a sua organização ser diferente!
O relacionamento não se copia! É único!
A forma com que gere e se relaciona com a sua equipa é que vai produzir  os resultados que quer dos seus clientes.

1.                         Se é um empresário que se enquadra naquilo que procuro e se tem vontade de mudar e fazer as coisas diferentes para obter resultados diferentes.
2.                                  Se se sente sozinho e não tem ninguém com quem possa partilhar e desenvolver as suas ideias.
3.                          Se sabe que precisa de fazer algo pensando no seu futuro e dos seus e naquilo que quer deixar de legado.
4.                               Se percebe que a ajuda de um especialista em fazer crescer negócios o pode motivar e orientar.

Lembro-lhe que o tempo é na realidade o nosso único recurso escasso.

De certeza que nessa hora levará para si e para o seu negócio pelos menos 5 ideias novas para aplicar imediatamente.

Lembro-lhe que o meu trabalho é treinar empresários a atingir mais facilmente as metas!

Armando Fernandes
Business Coach
934515241
261100003

quinta-feira, agosto 16, 2012

Uma definição de coaching para negócios



O Coaching para negócios consiste  num  processo de acompa­nhamento à medida  de cada empreendedor, assente numa dinâmica de mudança  para o apoiar no alcance de objectivos  próprios  e colectivos.

A palavra Coach vem do inglês e significa carruagem, coche, autocarro.  Isto é algo que  transporta uma pessoa de um lugar para outro. 

A palavra Coach também significa treinador e esta analogia que podemos estabelecer pode ajudar a compreender efectivamente o significado de Coaching, que é um  processo que passa pela  tomada de consciência do empreendedor que tem necessidade de alguém que  o apoie na preparação do futuro !

Este apoio irá promover o desenvolvimento de capacidades pessoais e competências profissionais que vão ajudá-lo a construir planos de acção, apoio na sua implementação e monitorização de resultados

O Business Coach assume-se como um facilitador que de forma estruturada irá lançar desafios ao empreendedor e apoiá-lo no desenvolvimento de estratégias para tornem mais fácil, rápido e eficaz a obtenção dos resultados desejados.

Torres  Vedras, 16 de Agosto de 2012
Armando Fernandes

terça-feira, agosto 14, 2012

Reuniões e Gestão do Tempo

Participo em muitas reuniões e verifico que há algumas são muito produtivas outras são uma grande seca.

Há reuniões que uma perda de tempo, outras que saímos iludidos, no entanto há algumas reuniões onde conseguimos atingir os nossos objectivos.

Num pequeno inquérito que realizei a 23 clientes que participaram nos meus seminários sobre gestão de reuniões retirei os seguintes resultados:

  • 62% das reuniões eram improdutivas;
  • 38% das reuniões realizadas não eram necessárias;
  • 72% dar reuniões duravam muito mais que o tempo necessário;
  • 48% do tempo dos Gerentes e Directores eram usados em reuniões;
  • 82% Nunca tinham efectuado o cálculo do preço de uma reunião;

Pensando na informação de que 48% do tempo de um Gerente é dedicado a reuniões e de que 62% das reuniões eram improdutivas. Efectuei os seguintes cálculos:

  • Para 40 horas de trabalho semanal
  • Se for ocupado 48% do tempo em reuniões, semanalmente um Gerente ocupará 19h12m em reuniões.
  • Se 38% das reuniões realizadas não eram necessárias, quer dizer que são dedicadas 7h17m por semana em reuniões que podiam ser evitadas. Isto é um dia por semana.
  • Se 62% destas 19h12m são improdutivos, correspondem a 10h54m por semana em “trabalhar para o boneco”. Este valor vezes 48 semanas de trabalho correspondem a cerca de 523 horas por ano, representando 63,4 dias úteis por ano.

CONCLUSÃO DESTES CALCULOS


UM DIA POR SEMANA A FAZER REUNIÕES DESNECESSÁRIAS!


QUASE 3 MESES POR ANO A FAZER REUNIÕES IMPRODUTIVAS!


Por isso adquirir competências sobre gestão de reuniões é demasiado importante para os nossos resultados como empreendedores.
  • Saber organizar uma reunião!
  • Saber criar e dominar um grupo e a sua dinâmica!
  • Saber criar regras de conduta para a reunião!
  • Saber comunicar com as pessoas presentes na reunião!
  • Saber controlar o tempo da reunião!
  • Saber efectuar reuniões proveitosas!

sexta-feira, agosto 10, 2012

Dicas de 10 de agosto

  • O Departamento de Marketing da empresa deverá ser constituído por todos os colaboradores e os clientes fãs!
  • Faça de cada empregado uma força de marketing. O sucesso às vezes depende de um sorriso, uma palavra ou um telefonema!
  • Numa empresa todos somos responsáveis pelo marketing. Falhar é onoroso porque também é marketing - "Negativo".
  • Se estás a vender serviços. Vendes algo imaterial, vendes relações.
  • Impressionar, cativar a atenção é a primeiro acto do marketing. Profissionalismo e consistência são o segundo acto.
  • O terceiro acto é ajudar a eliminar o medo da tomada de decisão. O último é acompanhar o cliente após a compra.

quinta-feira, agosto 09, 2012

dicas de 9 de agosto



  • Os especialistas tem todas as respostas? A maioria das vezes não, só têm opiniões. Aprenda a intrepretá-las e decida...


  • Para fazer marketing antes de se comunicar algo devemos conhecer e fixar as qualidades do produto ou serviço...

quarta-feira, agosto 08, 2012

Dica 8 de Agosto - Reuniões e Gestão do Tempo

Reuniões e Gestão do Tempo

Objectivos

Realizar reuniões sem objectivos específicos tende-se a obter resultados nada específicos.

Exclusividade

As reuniões devem ser exclusivas.

Diferença

Faça coisas diferentes para cada reunião, por exemplo:
- Mudar a localização;
- Mudar a hora ou o tempo;
- Mudar o espaço;
- Mudar o Layout.
Por vezes pequenas mudanças podem transmitir energias adicionais ao grupo.

Terminar reunião

Nunca termine uma reunião sem perguntar a si próprio porque investiu tempo nessa reunião.
É necessário descobrir o que deve ser feito de forma diferente para garantir que a próxima reunião não termine da mesma forma.

Distribuição de trabalho prévio
Distribuir trabalho prévio aos participantes nas reuniões é um bom método para criarmos reuniões mais eficientes.
Se cada um dos intervenientes investigar um tema e o apresentar de forma estruturada podemos salvar uma quantidade significativa de tempo para toda a reunião.

Antes de terminar

Antes de terminar uma reunião deverá ser criado um plano de acção para a totalidade das decisões que foram tomadas na reunião.

terça-feira, agosto 07, 2012

Dica 7 de Agosto - Reuniões e Gestão do Tempo

O que é uma reunião?

É um encontro de pessoas que visam atingir um determinado objectivo específico.

Como realizar uma boa reunião

Para tirarmos partido de uma reunião há que definir claramente quais são os resultados que se pretendem atingir.
Devemos convocar as pessoas certas que tenham algo a dar ou a receber dessa reunião.
Ter um lider que domine e conduza eficazmente a reunião.

Quais os motivos para a realização de uma reunião?
Entre outros:
Recolha de informação e experiência na posse de um grupo de indivíduos, para
permitir tomar decisões com um mínimo de risco.
Planeamento de ações;
Criação de consensos;
Organização de ações;
Atribuição de responsabilidades;
Avaliação do progresso e controlo de actividades;
...

segunda-feira, agosto 06, 2012

Dica 6 de Agosto - Reuniões e Gestão do Tempo

Não sirva café ou comida numa reunião pois prejudica a produtividade da reunião.
Se a Reunião é ás 9h, sirva Cafés às 8h30.

Se reunião for durante o almoço, será melhor criar uma pausa de 30 minutos para comerem qualquer coisa (servida a todos os presentes na reunião ao mesmo tempo), permitirá uma maior socialização. Terminar a refeição dentro dos 30 minutos e reiniciar a reunião concentrados nos objectivos.

Os telemóveis devem estar desligados, e ou fora do alcance dos participantes. Em reuniões com mais de 1h30 deverão haver pausas de 10 minutos para responder a telefonemas urgentes, e/ou "matar o vício".

Tenha estes tempos de pausa colocados na ordem de trabalhos, e controle a reunião de forma a que os horários sejam cumpridos.

Nunca recapitule o que já foi discutido, nomeadamente quando há pessoas que chegam atrasados, pois assim está a recompensá-lo pelo seu atraso.

domingo, agosto 05, 2012

Frases que me inspiram

"A esperança não é um sonho, mas uma forma de tornar os sonhos realidade". - L.J. Cardina Suenens

"O sucesso é de 10 por cento de inspiração e 90 por cento transpiração". - Thomas Edison

"As asas dão maior ascensão contra o vento, não com ele." - Winston Churchill

"Os sonhos são apenas tolices para aqueles que não os possuem." - Peter Reese.

"As grandes coisas não são feitas por impulso, mas por uma série de pequenas coisas, todas juntas. "- Vincent van Gogh

"Um passo - escolher um objectivo e cumpri-lo - muda tudo." - Scott Reed

"Não meço o sucesso de um homem por quão alto ele sobe, mas quão alto ele salta quando está no fundo. "- George Patton

"A diferença entre uma pessoa de sucesso e os outros, não é falta de força, nem de conhecimento, mas falta de vontade."- Vince Lombardi

"Obstáculos são aquelas coisas assustadoras que vimos quando retiramos os olhos do nosso objectivo. "- Henry Ford

"O sucesso é atingido por aqueles que se atrevem a agir. Raramente atinge os que estão sempre com medo das consequências."- Jawaharlal Nehru

sábado, agosto 04, 2012

Dica 4 de Agosto - Reuniões e Gestão do Tempo

Quem Conduz a Reunião

Quem conduz a reunião deverá estar colocado num local onde possa controlar tudo o que se passa à sua volta. Se for em redor de uma mesa deverá estar no topo.

Devemos certificar de que a reunião que estamos a realizar é absolutamente necessária.

Reuniões de Rotina

As reuniões de rotina deverão ser avaliadas se são ou não um bom investimento de tempo.
Se não conseguimos atingir objectivos com estas reuniões devemos cancelá-las.

Alternativas a realização de reuniões

Pense em alternativas à realização de reuniões.

Use o telefone, chat's, correio electrónico, etc.

Faça conferências telefónicas (use o Skype ou outras ferramentas alternativas).
As conferências telefónicas permitem que se reduza o tempo e custos de deslocação.

A Consolidação de reuniões com outras reuniões é também uma estratégia a ter em conta.

sexta-feira, agosto 03, 2012

Dica 3 de Agosto - Reuniões e Gestão do Tempo

Reuniões e Gestão do Tempo

Organize e organize-se para as reuniões:
- Programe-as;
- Defina as horas de inicio e fim;
- Estabeleça uma ordem de trabalhos;
- Crie tensão sobre o cumprimento de horários.

Escreva num flipchart os temas ou ordem de trabalhos da reunião.
Defina o tempo dedicado a cada tema.

Com este tipo de atitude conseguirá realizar reuniões mais rápidas e produtivas.

quinta-feira, agosto 02, 2012

Dica 2 de Agosto - Reuniões e Gestão do Tempo

Reuniões e Gestão do Tempo

Só devemos efectuar uma reunião se esta for o melhor caminho para atingirmos um objectivo.
Devemos explorar sempre que possível outras alternativas à reunião.

As reuniões devem ser breves.

Efectuei um calculo muito simples em 10 empresas, e verifiquei que a maioria das reuniões poderiam demorar metade do tempo.

Concluí que poderia haver uma poupança de 5 horas por semana por pessoa envolvida na reunião.

Multipliquei por 48 semanas úteis de trabalho e verifiquei que se poderia poupar 240 horas por ano.

Por isso aconselho os meus clientes a organizarem as reuniões, programando-as antecipadamente.

quarta-feira, agosto 01, 2012

Melhoria da Produtividade – Como podemos organizar o nosso trabalho

Ontem organizei melhor o meu escritório.
Hoje vou reflectir neste post sobre a organização do tempo de trabalho.
Por isso sugiro que:
  • Dedique duas horas do seu tempo para se reorganizar.
  • Nas duas ultimas horas da próxima sexta-feira, organize-se como se fosse de férias.
  • Olhe para as suas tarefas e tente descobrir como pode melhorar.
  • Procure as áreas onde pode matar os "vampiros do Tempo", e organize o trabalho para que seja executado à primeira, com qualidade, eficácia e eficiência.
Depois desta experiência crie um espaço de Tempo para Planeamento.
Coloque uma placa "DO NOT DISTURB" na porta do gabinete, e só atenda emergências
Coloque na sua agenda horas para atendimento de colaboradores e clientes.
Diariamente
  • Estabeleça prioridades diárias.
  • Crie diariamente um lista de coisas a fazer
  • Defina prioridades
  • Tente terminar diariamente a sua lista
  • Não procrastinize. Execute aquilo que é importante e se possível delegue o que é urgente.
Aprenda a delegar
  • Sistematize o seu trabalho de forma a que possa facilmente transmiti-lo a terceiros para o executarem.
  • Dar ordens a terceiros
  • No trabalho transmitimos ordens para a execução de tarefas.
A maioria das ordens que transmite são verbais por isso, quando as transmitir deverá ter o cuidado de se aperceber se o seu interlocutor a compreendeu. Por isso transmita a ordem com clareza e certifique-se que é bem compreendida. Se este processo foi bem feito haverá de certeza um bom aproveitamento do tempo para os dois.
Se for uma tarefa para ser repetida, então a ordem deverá ser apresentada por escrito.
Aprenda a dizer NÃO
Nunca diga que "sim" a nenhuma tarefa ou actividade sem considerar o investimento do tempo. É necessário ter coragem para dizer que "não" a solicitações desnecessárias. Analisar o tempo que temos de nos dedicar à realização de uma tarefa é uma ferramenta de administração de tempo muito forte!
Estude as funções de cada departamento em sua empresa.
O tempo investido nesta actividade será compensado pois terá oportunidade de pensar em com melhorar a gestão deste departamento e a comunicação interdepartamental. Depois entre em acção.
NOTA: A digitalização pode ajudar a retirar papel, no entanto é uma perda de tempo digitalizar aquilo que não é necessário.
Bloco Notas
Use um caderno onde anote por data as suas notas e informações que possam ser utilizadas para referências futuras. Não use papeis soltos. Leia atentamente os manuais das agendas electrónicas e dos notbooks, pois têm imensas funcionalidades que podem ajudá-lo na gestão do seu tempo.
Use só um sistema como auxiliar da gestão do Tempo. Papel ou Electrónico. Aprenda a ler rapidamente. Tire um curso de leitura rápida.
Pense e escreva - Prioridades
Ao escrever o que pensa minimiza a confusão e tensão.
Escreva as suas metas, faça listas das tarefas e problemas.
Será mais fácil classificar e ordenar as actividades, e assim efectuar uma melhor gestão do Tempo.
A situação fica mais clara, porque quando não escrevemos e confiamos na nossa memória corremos 2 riscos:
1º Dificuldade em avaliar a tarefa;
2º Esquecimento.
Classifique o que tem de fazer, crie diversas categorias, por exemplo: Prioridade A - Prioridade crítica para o sucesso;
Prioridade B - Prioridade Importante mas não critica;
Prioridade C - Prioridade agradável de fazer se sobrar tempo.
Comece com as prioridades A, depois de concluídas dedique-se às B e posteriormente às C
Onze dicas
  1. Domestique o telefone, fax e correio electrónico.
  2. Minimize as reuniões
  3. Pratique a pontualidade absoluta
  4. Faça e utilize listas – horários, lista com coisas a fazer, listas de pessoas a contactar, planeador de conferências
  5. Tente interligar tudo para que vá ao encontro aos seus objectivos
  6. Bloqueie o seu tempo – Agendamento por defeito;
  7. Minimize as Actividades Não Planeadas – todos os dias deverão ser planeados em blocos de 30 minutos – desde o início até ao final do dia;
  8. Evite as Horas de Ponta – evite ir ao banco às Sextas-Feiras especialmente depois das 11h, evite ir ao hipermercado aos feriados;
  9. Focalize-se nas tarefas mais difíceis e complicadas e concluas rapidamente. O maior desafio é começar, dar o primeiro passo.
  10. Diariamente algo inesperado vai acontecer. Conte com isto!
  11. Por isso quando planear o seu dia deixe algum "tempo Oops". Não deixe que estas emergências atrapalhar a execução das suas tarefas. Depois de responder às emergências volte trabalhar no que planeou. Se não houver emergências, desfrute desse tempo com uma actividade que o faça feliz.

Dica 1 de agosto - Gerir o Tempo como um empreendedor...

Reuniões

É convidado a participar numa reunião.
1º Solicite a agenda
2º Analise os temas onde pode participar
3ª Sugira ao coordenador da reunião que quer participar nas áreas que lhe dizem respeito
4º Solicite uma previsão de ocupação do tempo
5º Quando acabar a área que lhe diz respeito solicite autorização para sair